BRIOCHE

Débora Böttcher Lessa

Débora Böttcher Lessa

Formada em Letras, amante da literatura e de chocolate. Vive um dia de cada vez. Mora em SP. Trabalha com arte visual, mídias sociais e mkt. Não tem filhos. Vive com o marido e Maya, uma labradora cor de cacau, e Luna, uma labradora black. Também administra Babel Cultural.
Débora Böttcher Lessa

Últimos posts por Débora Böttcher Lessa (exibir todos)

capa_briocheOs Brioches mais conhecidos do mundo são os de Maria Antonieta, a Imperatriz Francesa de origem Austríaca, por conta da atribuição a ela da famosa frase “Dê-lhes brioches!” quando informada que o povo reclamava por não ter pão. Não sei se é verdade real.

Confeccionados com ingredientes adicionais à maioria dos pães comuns – que levam basicamente farinha, fermento e água -,  os brioches carregam na composição leite, ovos e manteiga, o que os torna potencialmente mais caros e, portanto, com status de pertencentes à nobreza – mas atesto que toda mortal comum pode por a mão na massa e saborear uma das delícias da mesa da rainha.

E se há um segredo, é o jeito de ajeitar a massa para lhe conferir o formato ’em ondas’ que lhe é tradicional – e esse é muito simples.

Pessoalmente, por não gostar muito de ovo – sempre diminuo a quantidade das receitas -, eu uso um ovo e uma gema a menos – sendo que ainda separo metade da segunda gema para pincelar -, e acredito não dar nenhum prejuízo ao resultado final. Fica a critério.

O ideal é assá-los em forma de bolo inglês – ela dá o formato perfeito aos brioches por mantê-los mais compactos, além de uma textura mais macia; na maioria das vezes, eu asso em forma comum e eles ficam mais consistentes, com jeito de pão caseiro. Você decide, mas nos dois casos o jeito de moldar a massa é o mesmo – disposição de mini-pães sobrepostos.

Vamos à receita original, do Edu Guedes, onde você vai precisar de:

2 colheres (sopa) de fermento biológico seco (1 pacotinho)
1 colher (sopa) de açúcar
1 colher (café) de sal
3 ovos
3 gemas
1 xícara (chá) de leite levemente morno
1 xícara (chá) de manteiga
1 colher (sopa) queijo parmesão ralado
3 a 4 xícaras (chá) de farinha de trigo
Gema para pincelar
Queijo parmesão ralado para salpicar

Brioche_duoModo de Preparo:

Em uma tigela, misture o fermento, o açúcar e o sal. Acrescente os ovos, as gemas, o leite, a manteiga, o queijo ralado e misture até que fique homogêneo.

Junte a farinha de trigo aos poucos e misture até que obtenha uma massa lisa e que não grude nas mãos. Deixe descansar por meia hora, mais ou menos.

Após esse tempo, faça bolinhas médias ou pãezinhos, e coloque em uma fôrma de bolo inglês, intercalando uma ao lado da outra de modo que sobre os espaços você possa colocar outras por cima, nos vãos (veja a imagem).

Sobreponha duas a três camadas, pincele com a gema, salpique o queijo e leve para assar no forno médio (180ºC) pré-aquecido por 35 minutos na média – até dourar.

Daí, é só saborear, feito realeza. 😉


Dá uma olhada no vídeo do Edu Guedes que ele ensina direitinho.

 

Débora Böttcher Lessa

Débora Böttcher Lessa

Formada em Letras, amante da literatura e de chocolate. Vive um dia de cada vez. Mora em SP. Trabalha com arte visual, mídias sociais e mkt. Não tem filhos. Vive com o marido e Maya, uma labradora cor de cacau, e Luna, uma labradora black. Também administra Babel Cultural.

Troque ideias conosco!